Grampeador: manual, elétrico ou pneumático?

Fabricantes de móveis e demais objetos com madeira, instaladores profissionais de tapetes e pisos, bem como eletricistas e trabalhadores da indústria têm muitos usos para o grampeador, seja ele manual, elétrico ou pneumático. Confira os detalhes e funcionalidades de cada modelo e saiba qual se encaixa melhor em sua atividade!

Com a função de dirigir os grampos em superfícies de madeira, plástico e outros materiais, o Grampeador é um equipamento versátil e bastante utilizado em diferentes atividades, contribuindo para inúmeras profissões. Desde o fechamento de embalagens, passando pela fabricação de móveis e até mesmo instalações da indústria automobilística, naval, entre outras.  Conheça um pouco mais sobre cada modelo de grampeador, seus diferenciais e as principais aplicações.

Grampeador Manual

Uma pistola de grampo manual tem um mecanismo de mola. Apertando manualmente o gatilho, comprime-se a mola, que recua rapidamente liberando barras de tensão, aumentando a capacidade da ferramenta para inserir grampos em superfícies duras em investidas individuais. É um equipamento adequado para trabalhos menores, que não necessitam de ações repetitivas, pois exige força na operação. Além disso, não necessita de energia elétrica e é muito fácil de carregar com os grampos.

grampeador manual

Grampeador Manual  TRA 700 STANLEY

Grampeador Elétrico

Esse modelo depende da energia elétrica ou bateria recarregável para funcionamento, com capacidade para conduzir vários grampos por minuto. No entanto, é necessário o aperto do gatilho a cada novo grampo aplicado na superfície, dando apenas o tempo necessário para reposicionar o equipamento entre os disparos.

Esse modelo é mais fácil de ser operado, sendo ideal para longos trabalhos. Além disso, grampeia de maneira mais uniforme do que o equipamento manual, pois a pressão não varia conforme a força de quem está operando o grampeador – podendo ser ajustada facilmente no equipamento.

Entre os diferenciais fundamentais para a segurança na operação, está o gatilho de segurança, que evita o disparo acidental dos grampos quando o grampeador não estiver pressionado a uma superfície.

grampeador elétrico

Grampeador Pinador Elétrico GPE916 – VONDER

Está gostando da leitura? Inscreva-se para receber nosso informativo com novidades sobre o mundo das ferramentas!

Grampeador Pneumático

Os grampeadores pneumáticos funcionam a partir de ar comprimido e são projetados para uso em maior escala, como no segmento industrial, por exemplo.

Como no modelo elétrico, o equipamento é acionado ao pressionar o gatilho, mas diferentemente dos outros modelos, aceita mais elementos de fixação além dos grampos, como os pregos e as tarraxas, por exemplo. Outro destaque é que alguns modelos aceitam um refil contínuo de grampos, facilitando as recargas e contribuindo para trabalhos de fixação mais específicos. Além disso, o gatilho de segurança também se faz presente neste equipamento.

grampeador pneumático

Grampeador Pneumático AT1150A – MAKITA

Os três modelos são leves, de fácil manuseio e simples utilização, sendo muito versáteis tanto para profissionais quanto para pessoas que utilizam esporadicamente ou como uso hobby para decoração, artesanato e restauração, por exemplo.

Quer conferir as marcas e modelos disponíveis em nosso site? Acesse aqui!

Mas não esqueça que ao utilizar o grampeador, é necessário atenção com a segurança para prevenir possíveis acidentes! Por isso, leia sempre atentamente o manual de instruções e confira em breve, aqui no blog, os principais cuidados e recomendações para trabalhar com grampeadores.

Quer entender melhor o funcionamento de uma ferramentas pneumática? Acesse aqui! 

Para aprofundar o conhecimento sobre os compressores de ar para utilizar com o seu grampeador pneumático, clique aqui.