como usar corretamente um paquímetro - conecta fg - ferramentas gerais

Paquímetro: aprenda a usar essa ferramenta de forma correta

Garanta medições muito mais precisas para seus trabalhos. Conheça as utilidades do paquímetro, sua composição e aprenda a usar de forma correta.

Para você que deseja saber mais sobre o paquímetro, esse instrumento é usado por muitos profissionais que precisam conhecer a medida exata de algumas peças.

É uma ferramenta de medição que trabalha com precisão e serve para medir a distância entre dois lados simetricamente opostos de um objeto. Em geral, o paquímetro serve para medir as dimensões de pequenas peças, como parafusos, porcas, tubos, entre outros.

Antes de explicarmos sobre como esse equipamento funciona, suas características técnicas, entre outras informações importantes, vamos entender melhor sobre o que é um paquímetro.

O QUE É UM PAQUÍMETRO?

Como já foi dito, o paquímetro é uma ferramenta usada para medir com precisão as dimensões de pequenas peças. Trata-se de uma régua graduada, com encosto fixo, sobre a qual desliza um cursor.

Esse instrumento também conta com dois bicos de medição, sendo um ligado à escala e o outro ao cursor, como podemos ver na imagem abaixo:

componentes de medição de um paquímetro - fg

Normalmente, o paquímetro possui uma graduação em centímetros e outra em polegadas para realizar as medições. O cursor móvel tem uma escala de medição que se denomina nônio ou vernier – em homenagem aos seus criadores, o matemático português Pedro Nunes e o francês Pierre Vernier.

PARA QUE SERVE?

Utilizado por diversos profissionais, o paquímetro serve para medir com precisão absoluta diversos objetos pequenos. Se você trabalha no setor industrial, por exemplo, poderá utilizar o paquímetro para tirar medidas precisas de parafusos e tubos.

Nas atividades de um eletricista, o paquímetro pode ser utilizado para descobrir o diâmetro de uma porca ou medir a profundidade de uma cavidade de escova de motor.

Ou seja, todo o profissional que necessita extrair a medida precisa de um pequeno objeto, usará o paquímetro, seja ele um arquiteto, mecânico, eletricista, marceneiro, serralheiro, entre outros.

Um paquímetro é capaz de realizar quatro tipos de medida (equipamento quadrimensional) em uma determinada peça:

  • Medição externa;
  • Medição interna;
  • Medição de profundidade;
  • Medição de ressaltos.

exemplo de medições com paquimetro - ferramentas gerais

Para saber utilizar corretamente, é preciso entender as partes que compõem um paquímetro.

ELEMENTOS DO PAQUÍMETRO

Os paquímetros mais modernos são fabricados em aço inoxidável rigorosamente selecionado e tratado termicamente. As superfícies de medição são micro lapidadas e as superfícies de leitura são cromadas em fosco com traço e caracteres em cromo preto, o que lhe confere longa vida útil.

Confira a imagem abaixo as partes que compõe um parquímetro:

caracteristicas tecnicas de um paquimetro - fg - ferramentas gerais

Uma informação muito importante que consta no paquímetro é a sua precisão e esta informação vem gravada no final da escala do nônio. Geralmente um paquímetro tem a precisão na casa dos centésimos de milímetros.

TIPOS DE PAQUÍMETRO

Existem diversos modelos de paquímetro no mercado. Confira abaixo uma lista dos principais tipos e suas características:

PAQUÍMETRO UNIVERSAL: pela sua utilidade ser ampla, esse é o modelo mais utilizado. Pode realizar medições internas, externas e de ressalto.

PAQUÍMETRO UNIVERSAL COM RELÓGIO: a única diferença do paquímetro universal é que este acompanha um relógio, que agiliza o trabalho de medição.

PAQUÍMETRO COM BICO MÓVEL: também chamado de basculante, essa ferramenta é usada para medir peças cônicas ou peças com rebaixo de diâmetro diferentes.

PAQUÍMETRO DE PROFUNDIDADE: serve para medir exclusivamente a profundidade de furos não vazados, rebaixos, rasgos e outros. Este equipamento pode apresentar uma haste simples ou com um gancho.

PAQUÍMETRO DUPLO: para medir dentes de engrenagens.

PAQUÍMETRO DIGITAL: simples e rápido de usar. Leitura livre de erro de paralaxe (ângulo de visão) e muito usado para controle estatístico de processo.

COMO USAR O PAQUÍMETRO

O primeiro passo é saber qual das quatro medidas irá ser realizada. Após decidir isso, o operador deverá posicionar a peça medida bem posicionada no centro da parte de medição correta: orelhas (medida interna), bicos (medidas externas), haste (profundidade) e medida com ressalto (parte superior do parquímetro).

Em segundo lugar, observe onde o 0 (zero) do cursor móvel (nônio) está e com qual número do cursor fixo (superior) está coincidindo. Isso indicará o primeiro numeral da nossa medida.

como usar um paquímetro - ilustração - ferramenta gerais

Se o número 0 ficou exatamente alinhado com um número superior, está é sua medida exata da peça. Caso o zero tenha ficado entre dois números, como por exemplo, entre o 4 e 5, isso indica que o primeiro número da nossa medida será 6 mm.

Em quarto lugar, verificamos qual a marcação que coincide em ambas escalas, na fixa e na móvel. Observe qual marcação (graduação de medida) que coincidiu. Este será seu segundo número, representando os décimos de milímetros.

aprenda a usar o paquímetro - ferramentas gerais - conecta fg

No exemplo, a marcação coincide com o nº 1, ou seja, 0,1 mm. Teremos a medida final de 4,1 mm para a peça medida.

PRECISÃO DE CENTÉSIMOS

Alguns paquímetros podem oferecer medidas mais precisas, como por exemplo, uma precisão de 0,05 mm, ou seja, 5 centésimos de milímetros.

E quando iremos precisar desta terceira medida? Quando na medida a coincidência das marcações ocorrer entre dois números inteiros da escala móvel.

Verifique no canto direito do cursor móvel qual é a precisão de centésimos de seu paquímetro.

APLICAÇÕES

A imagem abaixo ilustra algumas formas de como podemos utilizar o paquímetro. Exemplos de medição interna, externa e de profundidade:

aplicações de um paquímetro - como usar um paquímetro - ferramentas gerais - conecta fg

CUIDADOS COM O PAQUÍMETRO

Confira algumas dicas de cuidados com o seu equipamento:

  • Mantenha o cursor e o encosto sempre limpos para obter medidas precisas;
  • A peça a ser medida deverá estar bem posicionada entre as partes de medição (orelhas e bicos);
  • Não deixe o parquímetro exposto ao sol;
  • Nunca desmonte o equipamento;
  • Evite choques e movimentos bruscos
  • Não utilize força exagerada ao medir os objetos. Utilize-se uma pressão apropriada e constante, fazendo a leitura sem retirar o instrumento da peça;
  • Após registrar a medida, abra o cursor móvel antes de tirar o paquímetro da peça;
  • Guarde o instrumento em um estojo, em um lugar seco e sem exposição ao calor.

Confira em nosso site todos os modelos de Paquímetros que temos à disposição e a linha completa de instrumentos de Medição que a Ferramentas Gerais oferece a você!