10 dicas práticas para pintar paredes

Vai pintar paredes em sua casa ou trabalho? Confira as dicas que preparamos para facilitar na pintura e mãos à obra!

Está pensando em arregaçar as mangas e você mesmo renovar a pintura da parede para dar um toque novo à casa, escritório ou oficina? Confira algumas dicas que vão ajudar nessa tarefa, mas não esqueça: um serviço profissional é sempre o mais indicado e, para isso, procure um pintor qualificado – eles são especialistas no assunto e com certeza vão garantir uma pintura perfeita, com o melhor acabamento e economia dos recursos.

Vamos às dicas!

  1. CALCULE A QUANTIDADE DE TINTA NECESSÁRIA

Antes de comprar, faça o cálculo para saber a quantidade de tinta que será necessária para a sua parede. A conta básica é a seguinte: multiplique a largura pela altura da parede, descontando o espaço das portas e janelas. Em seguida, multiplique o resultado pelo número de demãos (normalmente duas ou três são necessárias). Agora, divida a área total pelo rendimento da tinta que consta na embalagem. O resultado será a quantidade de latas de tinta que você precisará para pintar a sua parede.

  1. DE OLHO NA PREVISÃO DO TEMPO

Fique atento ao clima! Com o tempo muito seco, a tinta não espalha corretamente e a parede pode ficar manchada. Já nos dias mais úmidos, a tinta demora a secar.

  1. FORRE COM PAPELÃO OU LONA

Para evitar sujar o piso, utilize papelão, de preferência os ondulados. Além de ser uma opção barata, este material absorve a tinta fazendo com que ela seque mais rápido, evitando que você saia fazendo pegadas de tinta pelo caminho. Outra opção são as lonas plásticas, principalmente sobre carpetes e superfícies mais delicadas.

pintar paredes

  1. LIMPE BEM ANTES DE PINTAR

É essencial limpar bem o local que será pintado para evitar defeitos. Água e detergente resolvem se a parede estiver suja. Em caso de mofo, água sanitária irá ajudar. Já para marcas de canetinha, por exemplo, o álcool é o ideal. Avalie também se a parede não apresenta infiltrações, pois aí é necessário um tratamento específico.

Após essa limpeza superficial, utilize a lixa para deixar a superfície uniforme. E lembre-se: deformidades ou furos decorrentes de parafusos e pregos, por exemplo, devem ser tapados com argamassa e lixados.

  1. PROTEJA OS DETALHES

Utilize fita crepe grossa para cobrir rodapés e demais detalhes como as bordas das janelas. Afaste os móveis e acessórios de perto do local de onde você está pintando. E retire da parede as capas de interruptores e tomadas, por exemplo, garantindo o acabamento perfeito!

  1. PROTEÇÃO EXTRA

Utilize equipamento de proteção adequado para a atividade, como luvas (nitrílicas)óculos e máscara de proteção , que são essenciais e evitam danos à saúde. Boné, avental de pvc e/ou macacão e botina de segurança também são muito importantes!

  1. MISTURE TINTAS DA MESMA COR

Antes de começar a pintura, misture tudo em um recipiente. Mesmo tendo a mesma cor, as tintas podem ser de lotes diferentes, podendo gerar diferenças de tonalidade.

pintar paredes

DICA: tire o excesso de tinta do pincel sem sujar a lata ou o chão! Para isso, coloque um elástico no comprimento da lata de tinta, que serve de suporte para a limpeza do pincel.

  1. A IMPORTÂNCIA DO PINCEL

O rolo fará a maior parte no processo de pintura, porém para um melhor acabamento, será necessário usar um pincel para áreas de difícil acesso.

  1. TÉCNICA DO “N” E “W”

Utilize as técnicas do N (do chão até o teto) ou W para uma pintura uniforme. Basta seguir o formato das letras. Utilizando uma dessas duas técnicas você ganhará tempo, economizará na tinta e dará um melhor acabamento ao seu trabalho.

pintar paredes

  1. TOQUES FINAIS

Após a primeira demão, espere a tinta secar por completo para dar a segunda, eliminando as diferenças entre os cantos com pincel e o que foi pintado com o rolo.

Após aplicar a última demão, antes que a tinta seque, retire toda a fita crepe. Lave os equipamentos em água corrente e guarde somente quando tudo estiver bem seco. Depois da tinta da parede secar, limpe o chão e coloque os móveis e acessórios no lugar.

E aí, o que achou de nossas dicas? Ficou com alguma dúvida ou quer ler mais sobre outras reformas básicas e manutenções? Deixe seu comentário abaixo, acompanhe as novidades em nosso blog e nas redes sociais da FG! E lembre-se: na Ferramentas Gerais você encontra os acessórios e equipamentos ideais para as atividades de pintura imobiliária!